“The Prestige”, “O Terceiro Passo”

Um filme de Christopher Nolan, com Christian Bale e Hugh Jackman nos principais papéis, Michel Caine, David Bowie, Rebecca Hall e Scarllet Johanson nos secundários.

Baseado no livro homónimo de Christopher Priest, este filme fala da rivalidade que se vai desenvolvendo entre dois amigos  iniciados na magia, na obcessão de um deles pelo truque do outro. O filme está espetacularmente construído da mesma forma que é construído um truque de magia: a preparação, o truque e o prestígio.

Mas o melhor é ver mesmo o filme ;)

“Felicity” – o final

E pronto, acabei de ver a quarta e última temporada de “Felicity”. Muito mudou na série, e na minha opinião, o último episódio deixou muito a desejar. Além de ser muito confuso (a Felicity volta atrás no tempo para remediar ter escolhido Ben em vez de Noel, mas o “karma” dela é mesmo ficar com Ben), existem pormenores que não encaixam bem. Eleina, que morre de acidente de viação num dos últimos episódios, aparece no final no casamento do Noel. E depois de tantos anos no ar, penso que o último episódio foi para despachar, quase somente é uma compilação dos melhores momentos entre Felicity e Ben.

Também tive pena que a partir de certa altura, a Felicity deixasse de gravar as cassetes para a amiga Sally. Isso era a imagem de marca dela. Também penso que deveriam ter dado mais ênfase no final de Sean e Meghan já que se tornaram das personagens mais importantes da série. Já sabiamos que estavam casados, mas no final, quase nem se viram.

O final desiludiu um pouco, mas ficam os bons momentos da série da minha adolescência que eu sempre quis acabar de ver :)

Goodbye, Felicity Porter :)

Nurse Jackie

Esta é a nova série que estou a começar a ver… Nurse Jackie :)

Ainda só vi o episódio piloto, ainda não deu para formar a minha opinião. Mas pareceu-me muito divertida.

Em Portugal, esta série com a Edie Falco interpretando a “nurse Jackie”, começou dia 17 de Maio na Fox.

Para entender minimamente “Lost”

Se já viram alguns episódios de “Lost” e ficaram baralhados, sem entender patavina do que se passava com aquela gente, o jornal i online publicou uma reportagem muito esclarecedora e engraçada sobre esta série:

http://www.ionline.pt/infografia/29894-lost-saiba-tudo-aqui-nao-se-perder-na-serie

Neste guia explica quem são os protagonistas, o que é o projecto Dharma e o resumo (que está muito bom).

“Californication” 3ª temporada

Esta não é a cena mais engraçada, mas na minha opinião é a melhor da terceira temporada. A expressão apaixonada de Hank quando Karen sorrindo lhe pergunta se quer uma omolete de pequeno almoço é de fazer render qualquer um, em que se acredita que finalmente os dois vão ficar juntos. Uma história de amor que poderia ser a de qualquer pessoa comum, com a qual nos identificamos.

David Duchovny está espectacular nesta terceira temporada. Sente-se o crescimento de Hank, que ao início é o Hank de sempre, desorientado, perdido, que se deixa levar pelo momento e por todas as oportunidades, mas que ao longo dos episódios vai evoluindo e sabendo aquilo que realmente quer para si.

Uma excelente série, excelentes interpretações, cenas divertidíssimas e cada episódio demora cerca de 20-30 minutos, ou seja, não cansa. Fica-se é sempre com a sensação de querer ver mais.

:)

Heroes: a quarta temporada “Redemption” está quase aí!

Depois de 3 temporadas e 4 volumes, os fãs de Heroes (eu, incluida) aguardam ansiosamente pela quarta temporada, designada “Redemption”, dia 21 de Setembro no canal norte-americano NBC.

No site dos Heroes Portugal vem a descrição das nova aventuras, nas quais os nossos heróis tentam voltar a tentar ter uma vida normal, mesmo com as suas habilidades. E parece que Sylar vai voltar a atacar…

Fica aqui o trailer oficial de “Redemption”…..

…. e os novos posteres….

heroes-redemption2

heroes-redemption

(video e posteres promocionais retirados do site www.heroesportugal.com)

É mesmo pena que esta série fantástica não passe em nenhum canal português. Sempre seria bem melhor que a maior parte das novelas que andam aí.

Felicity – 2ª temporada

Já estou na segunda temporada da série “Felicity”. Quando passou na Tv, somente consegui ver o primeiro episódio, no qual Felicity corta os seus característicos cabelos encaracolados.

Adorei esta cena na piscina, é romântica. É pena os vídeos existentes serem de má qualidade.

Felicity

“Felicity” era uma série de 1999 que eu adorava ver aos sábados à tarde na rtp1 quando tinha os meus 15 anos. No entanto, deu a primeira temporada, parte da segunda e depois desaparceu…

FelicityLogo

Passados 10 anos deu-me as saudades da Felicity e ando actualmente a ver a primeira temporada novamente… E penso em como arranjar a segunda. Já não ando na secundária e já passei pela universidade, mas gosto de ver as aventuras e desventuras diárias desta caloira de medicina. Não é uma típica série para adolescentes, é bem mais profunda. Fala de amores (claro…), de escolhas da vida, de adaptação a um novo local, de independência…

A imagem que me lembra sempre esta série :)A imagem que me lembra sempre esta série :)

Tudo começa quando Felicity, na sua terra natal em Palo Alto na Califórnia, viveu o secundário todo apaixonada por Ben. No dia da graduação final, pede-lhe que este escreva algo no seu livro. O que ele escreve faz com que ela decida ir também estudar para Nova Iorque, lutar lá pelo rapaz pelo qual esta apaixonada, contra a vontade dos pais. E, aqui iniciam-se as aventuras de Felicity na cidade que nunca dorme. O resto não vou contar ;) Simplesmemente digo que vale bem a pena.

Nesta série de J.J.Abrams e Matt Reeves, Kerry Russel é Felicity, Scott Speedman é a sua paixão Ben, e Scott Folley é o conselheiro da residência de Felicity. Também as personagens de Amy Jo Jonhson como Julie (a melhor amiga),  Elena (Tangi Miller), a colega de curso super-competitiva, Javier o seu patrão na cafetaria em que trabalha (Ian Gomez) e claro a sua amiga Sally (que nunca aparece fisicamente, interpretada por Janeane Garofalo), para qual ela fala e manda as “cassetes-diário” em cada episódio, são interessantes para a trama envolvente.

Deixo vos um excerto do primeiro episodio:

Enjoy! :)

Hiro em Nova Yorque!

Esta cena, na minha opinião,é a mais engraçada e melhor conseguida até agora no “Heroes”. Na temporada 1, primeiro episódio “Genesis”, Hiro Nakamura triste por o seu amigo Ando não reconhecer a sua capacidade de se mover no tempo e no espaço, teletransporta-se do metro de Tóquio para a Times Square, bem no centro de Nova Yorque.

Vejam! :)

Gostava também de ter esta capacidade lol YATTA!!!! Helo New York! :)